30 de nov de 2009

A China milenar.


A sabedoria chinesa. A princípio, existia na China uma religião que concebia o mundo em três partes: o Senhor, no alto, auxiliado por antigos soberanos mortos; os vivos, na terra; e os mortos, cujos vultos continuavam a habitar a terra. Confúcio, filósofo chinês, procurando compreender o mundo e a sociedade de acordo com a natureza, disse: a natureza humana não é má; na verdade é um dom do céu que foi pervertido pelo uso indevido do poder. Para harmonizar a sociedade, o soberano deve, portanto, ter um papel moral. E a complementação virá com Lao-tsé Zhuangzi, o taoísmo, onde filosofia e religião se unem:"o tao é um princípio cósmico que dá origem ao universo". A arte sofisticada que a China milenar desenvolveu transmite aquela sociedade.

29 de nov de 2009

Os oráculos gregos.


Eles procuravam sempre saber a vontade dos deuses.
Para isso, consultavam os vários sinais da natureza (presságios) ou os próprios deuses nos oráculos. As respostas dos deuses eram transmitidas às pessoas por imtermédio de sacerdotisas, conhecidas como pítias ou pitonisas. Geralmente com sentidos ambíguos, as respostas permitiam múltiplas interpretações.
E houve rei, que não sabendo a mensagem ,
perdeu o seu reino.

Aprecie a paisagem do oráculo do deus Apolo, em Delfos, um dos mais visitados na Grécia antiga.

26 de nov de 2009

Oficina de Geografia.


E. E. E. F. Padre Balduíno Rambo - Ano da Virada.
O pessoal do PIBID, da disciplina de Geografia reuniu nesta tarde de 26/11, alunos das turmas 51 e 52 para apreciação e debate de filme relacionado a questões pertinentes ao estudo da sociedade humana A contextualização e a geograficidade foram trabalhadas estabelecendo relação entre a temática do vídeo e o mapa Mundi. É um primeiro momento para um trabalho maior sobre: localização, orientação tempo-espaço. As turmas acompanharam os trabalhos de maneira organizada e participativa. Os bolsistas foram: Denise, Daniela eTiago. Valeu pessoal! Professora Carmen.

18 de nov de 2009

Os melhores momentos.



Sala de aula lugar de criação.
As turmas se esforçaram e construíram maravilhas de sucata à obra de arte.


Assim o Egito foi revelando-se nas formas de deuses, reis faraós, rainhas e animais da mitologia do povo do Nilo.

A cada jornal amassado... uma forma
A cada papelão cortado... uma máscara
A cada embalagem gessada... uma face lisa, compacta, texturizada




Parabéns turmas 51 e 52 pelos lindos trabalhos!

A Grécia ou Hélade.

Os gregos chamavam a si mesmo de helenos, originários da Hélade. Por volta de 1450 a.C., os palácios cretenses foram destruídos, provavelmente pelas invasões dos aqueus, um dos quatro povos indo-europeus que invadiram a região da Europa e da Ásia ocidental. Mais tarde vieram os eólios, os dórios e os jônios cada um trouxe elementos formadores da cultura grega.

A civilização grega teve uma história de guerras, luzes, beleza e esplendor. O séc
ulo de Péricles foi o auge da democracia à moda grega. E a Acrópole teve seu momento áureo.

As cidade
s-estados de Atenas e Esparta merecem estudo à parte: quem já não ouviu falar da Guerra de Tróia? E dos poemas épicos atribuídos a Homero: A Ilíada e a Odisséia que nos falam de deuses e heróis bem aos moldes gregos?
Vale conferir!











16 de nov de 2009

O vendedor de sonhos.


É tempo de aceitar. Flexibilidade é o antídoto natural contra o envelhecimento do corpo, da mente e da alma. A aceitação é o exercício básico para nos manter em forma, tornando-nos flexíveis. Com ela somos acolhedores sem, no entando, abrirmos mão de nossas convicções. Basta somar a elas as novas ideias e meditar a respeito. Medite e compre sonhos!

O Santo Sepulcro.




Dizem Heloisa Galves e Regina M. Azevedo, no Pequeno Livro dos Anjos Alemdalenda: "É tempo de compartilhar. O Universo, em sua sabedoria, nos permite operar pequenos milagres: quando dividimos alegrias e sucessos, estes se multiplicam; se repartirmos tristezas e dores, estas vão diminuindo, diminuindo, até atingirem o tamanho exato da sua insignificância..." Ele, em sua infinita bondade, se doou para amenizar nossas dores. O Santo Sepulcro e os séculos de mistérios da fé.

12 de nov de 2009

Hino de Porto Alegre.



Uma cidade com um pôr-do-sol ímpar. Com belezas urbanas e rurais. Da tradicional festa do pêssego, dos morros sem igual. Assim é Porto Alegre, antiga Porto dos Casais. Seu hino louva às águas do Guaíba, as paisagens magníficas e as belas mulheres. Vale conhecer!

9 de nov de 2009

Idade Média.


  • Imagens que revelam ...
  • os horrores...
  • de uma época de pouca humanidade...
  • poucas luzes...
  • e muita crueldade.

Os gregos chegaram.


A vida na antiga Grécia compreendia: paisagem típica com altas montanhas, encostas escarpadas, neve, sol, morros rochosos... Aldeias, cidades-estados, muitas ilhas (insulas); penínsulas e continente. Densas florestas repletas de animais selvagens, mitos e lendas. Um mar fantástico com uma vida marinha variada: golfinhos e tantos outros peixes. Uma infinitude de deuses, deusas, heróis e semi-deuses. Jogos e guerras parte importante da tradição grega (helênica). Teatro, filosofia educação esmerada (pedagogo). Famílias na urbes (pólis) e no campo (rural). Viagens e comércio, pois nenhum lugar da Grécia ficava longe do mar. Artes e ofícios que chegaram até nós: 'cerâmicas negras' com a história grega primorosamente detalhada. Línguas e letras: todos os estrangeiros eram 'bárbaros', incivilizados porque não falavam grego. Os escribas gregos (helenos) inventaram um alfabeto de letras e sons a partir da língua fenícia. E ele é usado até hoje!

Os antigos fenícios.


As turmas 51 e 52 estudaram sobre a vida dos antigos fenícios. Viram onde se localizavam, como era a política das cidades-estados. Leram sobre a religião dos fenícios comparando-a com a dos hebreus. Apreciaram vídeos sobre a sociedade dos navegantes marítimos do Mar Mediterrâneo. Realizaram pesquisas e trabalharam com o alfabeto dos fenícios. Foi uma ótima produção que registraram no portfólio das grandes civilizações. As equipes estão de parabéns!

7 de nov de 2009

A Idade Média.


  • Olá pessoal das turmas 61 e 62!
Os estudos sobre a Idade Média avançam e ficam cada vez mais interessantes. Já localizamos onde o sistema iniciou e se fortaleceu. Vamos aprofundar nossos conhecimentos detalhando as realizações dos períodos históricos que formam a Idade Média. Um tempo de grandes transformações, avanços e repressão dos talentos humanos. Por outro lado, as mudanças trouxeram problemas e com eles as crises. Apreciem os vídeos! Façam os comentários e não esqueçam: haverá apresentação das idéias selecionadas. Mãos à obra! Uma imagem revela mil coisas!

5 de nov de 2009

As mais belas lendas gregas.


Olá pessoal das turmas 51 e 52!
A história da Grécia antiga está repleta de contos fantásticos.
São deuses, heróis e semideuses numa odisséia sem fim.
Querem saber mais?
Apreciem o que fez Héracles ou Hércules como queriam os romanos.
As figuras mitológicas muita emoção.
O dia em que dois heróis disputaram o amor de uma bela mulher, que turbulência.
Os deuses do Olimpo, quanta energia.
Os fantásticos cavalos alados, quanta beleza.
Acima de todos Zeus o Senhor do Olimpo.
E as aventuras que inventamos.

A história do dinheiro.

As publicações sobre a origem do dinheiro na história da humanidade tem passagens muito interessantes. Você pode conferir.

4 de nov de 2009

A origem do dinheiro.

As turmas 51 e 52 estão realizando pesquisa sobre a origem histórica do dinheiro na civilizações do Oriente Médio. Os trabalhos foram ótimos. Resolvemos ampliar os estudos para o Brasil, Israel, Estados Unidos da América e a cidade da escola a Irktaná.
A primeira amostra foi esta.
Parabéns as 5ª séries pelo empenho e dedicação!

Memória histórica.

Os descendentes dos líderes nazistas.
"The film clip that follows here – Hitler’s Children - will leave you totally mesmerized.
It is a powerful, infinitely memorable presentation - strongly recommended viewing!

Click no vídeo no centro da página: